Entrevista: Psicólogo Augusto C. Baratta Monteiro

 

A Psicologia Educacional é uma importante aliada no processo de ensino e
aprendizagem. Por isso, o site do Conselho Regional Psicologia 9ª Região
Goiás/Tocantins (CRP-09) procurou o psicólogo clínico e educacional
Augusto C. Baratta Monteiro (CRP-09/004957) para falar sobre a atuação
do profissional nesta área, especialmente no Estado do Tocantins. Ele é
especialista em Psicopedagogia, OeM, e Empresarial, além de ser doutorando em Psicologia Educacional.

Confira:

O senhor está a frente a luta pela inserção do (a) psicólogo (a)
educacional nas escolas. De que maneira esse profissional pode
colaborar com a comunidade escolar?

Estamos não a frente, mas sim juntos com outros psicólogos que atuam com a educação, buscando o espaço. Aqui no Tocantins não tem no quadro funcional o cargo “psicólogo” e sim o cargo de professor de Psicologia. Mesmo assim, somos solicitados pelos diretores a dar apoio como psicólogo e não considero isso justo. Já tivemos vitórias e muitas frustrações, mas juntos vamos alcançar o nosso objetivo. Como doutorando em Psicologia Educacional, tento mostrar a nossa importância e como podendo somar com os avanços educacionais no nosso Estado. Nós, profissionais de Psicologia Educacional, podemos atuar no âmbito da educação, nas instituições formais ou informais. Colaboramos para a compreensão e para a mudança do comportamento de educadores e educandos no processo de ensino aprendizagem, nas relações interpessoais e nos processos intrapessoais, referindo-nos sempre às dimensões políticas, econômica, social. Participamos também da elaboração de planos e políticas referentes ao Sistema Educacional, visando promover a qualidade, a valorização e a democratização do ensino.

Como está a luta pela inserção do profissional da Psicologia nos
municípios e no Estado do Tocantins?

Temos uma luta tipo “Davi e Golias”, pois estamos mostrando a nossa
importância para a sociedade e onde nós podemos atuar. É mais comum a
sociedade conhecer o trabalho do psicólogo clínico. Já temos muitas vitórias,
pois tem áreas do Estado que estão abrindo espaço para os psicólogos. Com o apoio de nosso CRP, podemos mudar e ter mais espaço de luta.

Quais são as principais demandas do (a) psicólogo (a) educacional
tocantinense hoje?

As principais demandas são junto às escolas especiais, clínicas de recuperações, governos (estadual e municipal) e universidades, mesmo sem
ter no quadro o cargo de psicólogo.

De que maneira o CRP-09 pode colaborar com esse profissional?

Dar maior apoio aos psicólogos do Estado, buscando fazer a ligação entre o
profissional e os governos estadual, municipal, e os empresários, divulgando
e mostrando a importância do profissional, resgatando o nosso espaço no
mercado de trabalho.

© 2019 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper

Sede do Conselho Regional De Psicologia 9ª Região GO

Av. T-2 Qd. 76 Lt. 18 N 803 - Setor Bueno - CEP 74.210-010 - Goiânia - Go
Fone: (62) 3253-1785 / Fax: (62) 3285-6904
E-mail: administracao@crp09.org.br

Horário de Funcionamento: 08h às 17h30 

© 2019 - Todos os direitos reservados - CRP09 - Conselho Regional de Psicologia 9ª Região GO