Nota de apoio e orientação à sociedade sobre situação de violência em escola de Goiânia

Conselho Regional de Psicologia 9ª Região


Nota de apoio e orientação à sociedade sobre situação de violência em escola de Goiânia


O Conselho Regional de Psicologia 9ª Região – Goiás (CRP-09) vem a público manifestar seu pesar e seu apoio aos familiares, alunos e profissionais da Escola em Goiânia pela situação de violência que vivenciaram neste 20 de outubro de 2017.

Nesse momento é importante o apoio coletivo da sociedade e nós do Conselho Regional de Psicologia do Estado de Goiás nos colocamos à disposição do Colégio para ações de apoio que se fizerem necessárias. Vale destacar a importância de se preparar para acolher e acompanhar os alunos e profissionais do Colégio nas próximas semanas com a promoção de debates e reflexões sobre o assunto.  

Orientamos toda a sociedade sobre a necessidade de proteger as crianças e os adolescentes da exposição e repercussão das mídias sociais, evitando a propagação de imagens, rumores e notícias repetidas. A cobertura nas mídias sociais deve ser minimizada até onde seja possível.

As escolas de modo geral precisam se preparar para trabalhar esse tema nos próximos dias com ênfase no respeito à igualdade e diversidade. Ocorrerá uma comoção na sociedade e com certeza repercutirá em todos os espaços escolares, portanto, é necessário que as escolas fiquem atentas para acolher e debater o assunto.

O trabalho com as situações de violência deve ser contínuo, considerando a complexidade desse fenômeno que envolve aspectos relacionais, individuais, coletivos, socioculturais, políticos e econômicos. Na escola, é possível observar diferentes formas de manifestação da violência, que envolve ações verbais, físicas, simbólicas e institucionais. Nesse cenário, a contribuição do psicólogo escolar é fundamental ao desenvolver juntamente com os profissionais, alunos e família ações que promovam a construção de relações de diálogo frente às situações de violência na escola, como o bulliyng.

Neste momento é importante que não se busquem explicações causais do fato, culpabilizando indivíduos de forma fragmentada e reducionista. É preciso criar espaços de ampliação dos debates em diferentes âmbitos, sejam eles políticos, econômicos e sociais. É de suma importância a presença do psicólogo escolar nestes ambientes, no intuito de contribuir na elaboração e execução de ações preventivas que desenvolvam contextos mais saudáveis e com maior qualidade de vida para toda sociedade.

Em especial aos psicólogos, é importante que não promovam a repetição de relatos do fato ou de detalhes da situação, porque isso pode aumentar a curiosidade, a angústia e a comoção das pessoas. Nessas situações de crise a sociedade costuma buscar apoio na Psicologia e por isso podemos evitar a generalização ou a redução das explicações sobre o fenômeno ocorrido. Os psicólogos podem contribuir com orientações e análises contextualizadas sobre a violência, destacando sempre a complexidade dos aspectos que envolvem a violência ocorrida no dia de hoje.  

O Conselho Regional de Psicologia 9° Região coloca-se aberto para dúvidas e esclarecimentos que se fizerem necessários acerca do que foi exposto na nota.

© 2019 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper

Sede do Conselho Regional De Psicologia 9ª Região GO

Av. T-2 Qd. 76 Lt. 18 N 803 - Setor Bueno - CEP 74.210-010 - Goiânia - Go
Fone: (62) 3253-1785 / Fax: (62) 3285-6904
E-mail: administracao@crp09.org.br

Horário de Funcionamento: 08h às 17h30 

© 2019 - Todos os direitos reservados - CRP09 - Conselho Regional de Psicologia 9ª Região GO